O que visitar

Conheça aqui algumas das nossas sugestões
9 Mai

Cascatas naturais do Gerês

Cascata Tahiti (nome popular da Cascata Fecha de Barjas) no Gerês é um dos locais com paisagem mais bela do Gerês mas apenas possível de lá chegar ou a pé ou de mota ou com uma viatura que seja “todo terreno”. Não restam dúvidas que é uma das cascatas naturais do Gerês mais procuradas pelos turistas e visitantes da região.

Para começar, o trajecto é feito pela estrada que liga “Vilar da Veiga” até “Ermida” pela estrada de alcatrão como quem vai para a cascata do Rio Arado já descrito anteriormente noutro artigo. Após percorrer +/- 5 km (esteja atento), irá encontrar um pequeno entroncamento à sua direita com uma placa florestal que indica “Cabril” (ver também as 7 Lagoas de Cabril ). Vire à direita e siga por essa via mas com bastante cuidado. Encontrará várias descidas bastantes acentuadas até encontrar uma ponte de madeira sobre o Rio Arado. Aqui será melhor estacionar a viatura e preparar-se para uma alucinante descida a pé.

Recomenda-se descer pelo lado direito da ponte e depois encontrará uns moinhos (abandonados) e algumas pequenas quedas de água que formam algumas espectaculares lagoas onde poderá se refrescar da descida. Em seguida, atravesse para a outra margem pelo tronco que encontrará mais abaixo, ou caso contrario regresse  à ponte e atravesse para a outra margem e aí desça pelo caminho meio escondido pelas giestas e silvas.

Por fim, encontrará uma lagoa rodeada de areia e poderá observar uma das mais belas e maiores cascatas do Gerês. O caminho de regresso é o mesmo com mais um pouco de esforço.